Hoje, dia Nacional da Saúde e Nutrição, é importante ressaltar como a nutrição e a alimentação saudável é essencial para a vida. Um corpo que carece de nutrientes não possui o mesmo estímulo e disposição como o de outras pessoas que estão com seu estado de saúde em condições normais. Os sintomas mais recorrentes diante da deficiência nutricional são o cansaço excessivo, dormência nas mãos e nos pés, queda de cabelo e desânimo constante, além de outras doenças como por exemplo a anemia que pode ser desencadeada pela alimentação pobre em vitaminas, cálcio, minerais, dentre outros.


A deficiência nutricional indica que algo já vem errado há algum tempo no corpo, pois os sintomas não são imediatos. Em situações assim, a orientação é procurar um profissional da saúde que possa avaliar o quadro de maneira geral. Nessa perspectiva, o Minuto Nutrição entrevistou a nutricionista Fernanda Resende para esclarecer algumas dúvidas que inclusive pode ser a sua. Confira!


1 – O que uma alimentação saudável pode mudar na vida da pessoa?


A alimentação saudável tem o poder de mudar praticamente tudo na vida de uma pessoa. Muda principalmente a saúde, prevenindo doenças, melhorando os exames clínicos, a estética, e consequentemente a auto estima. Melhora também a questão de ansiedade, estresse, sempre buscando a qualidade de vida e longevidade.

2 – Entre as inúmeras doenças, quais podem ser evitadas com uma alimentação saudável e balanceada?


Problemas cardiovasculares, dislipidemias, diabetes, obesidade, gastrite, assim como ajudar na prevenção do câncer. A alimentação pode não ser a cura, mas, é indispensável em qualquer doença.


3 – De maneira geral, quais alimentos não podem faltar no dia a dia das pessoas?


Frutas, legumes e verduras de uma maneira geral, porém, o equilíbrio é tudo. Então, precisamos de uma boa fonte de carboidrato, proteína, boas fontes de gordura, vitaminas, minerais, entre outras.

4 – Qual é o maior desafio que os profissionais da nutrição enfrentam com seus pacientes?


A mudança de hábito. A maioria das pessoas já possui um hábito alimentar enraizado e essa mudança pode levar um tempo e gerar desconforto, então esse ponto atualmente é um dos principais. Mas, é necessário mostrar ao paciente o quanto essa mudança é precisa.

5 – Quais alimentos podem melhorar o aspecto da pele?


São principalmente os alimentos antioxidantes, com ômega 3, colágeno, tais como: frutas vermelhas, frutos do mar, oleaginosas, chocolate 70%, água, frutas ricas em vitamina C, couve, entre outras.

6 – Indique alguns alimentos que ajudam a tratar pele, cabelos e unhas


Especialmente os alimentos que são fontes de: colágeno (tutano de boi, algas), biotina (castanhas e gema de ovo), vitamina C (frutas cítricas), ômega 3 (peixes e linhaça), resveratrol (uva), etc.

7 – Quais alimentos devem ser evitados sempre que for possível?


As gorduras, principalmente, gorduras trans sendo elas, os sorvetes, as massas instantâneas; açúcar; sódio...mas, sempre lembrando de um equilíbrio. Nada é proibido, só e preciso consumir na quantidade e frequência certa.

Viu, o quanto uma alimentação saudável é importante para manter a qualidade de vida? Se você já sabe sobre o assunto pois, atua na área como nutricionista, então, nada melhor do que aprimorar seu conhecimento e continuar aprendendo para atender melhor seu público e desenvolver sua carreira profissional, e o Incursos sabe como te ajudar nesse quesito. Conheça e se matricule no MBA em Gestão da Qualidade, Produção e Higiene de Alimentos. Se torne um (a) especialista e faça a diferença no mercado de trabalho.


Fonte: Viva Bem e Fernanda Resende CRN/1-10030

Imagem: 123RF