A ansiedade afeta milhares de pessoas todos os dias, desde crianças a adultos. As inúmeras tarefas do dia fazem com que a tensão aumente e a sensação de que não vai dar certo acaba chegando. No entanto, dá para aliviar os sintomas de ansiedade logo cedo incluindo certos alimentos no café da manhã. Por isso, confira a lista dos 7 alimentos recomendados por nutricionistas que ajudam a combater esta causa.

1- Ovos


O consumo diário de ovo, desde que seja com moderação e inserido em uma dieta equilibrada, pode ser excelente para a saúde. A gema contém vitamina D, necessária para manter a saúde dos ossos, o ovo é uma excelente fonte de proteína. Ele também contém triptofano, e por isso pode ajudar na redução da ansiedade.

2- Leite


O leite é fonte de tiptofano, um aminoácido importante que é utilizado pelo cérebro. Também contém vitamina B3 ou niacina, na qual, ajuda o corpo a produzir serotonina, um neurotransmissor relacionado ao humor e bem-estar, popularmente conhecido como hormônio da felicidade.

3- Banana


Assim como o leite e o ovo, essa fruta é fonte de triptofano e traz a sensação de bem-estar. A banana também é rica em potássio, mineral importante para o controle da contração muscular, inclusive da musculatura do coração, o que garante um bom controle cardíaco e oxigenação para os tecidos.

4- Frutas cítricas


As frutas cítricas como a laranja, limão e o abacaxi são fontes de ácido ascórbico, uma vitamina hidrossolúvel que atua no controle do humor e colabora com o equilíbrio do cortisol, hormônio relacionado ao estresse.


5- Iogurte


O iogurte é uma boa opção para o café da manhã, além de ser rico em proteínas de alto valor biológico, ou seja, absorve mais facilmente e ainda auxilia na sensação de saciedade. O iogurte também contém bactérias consideradas boas para a saúde.

Essas bactérias são capazes de regular a produção de neurotransmissores e seus precursores, como a serotonina e o triptofano, além de estarem envolvidas nos mecanismos de resposta ao estresse do sistema hipotalâmico-pituitário-adrenal. É por esse motivo que os especialistas recomendam o consumo de produtos fermentados, como queijos e iogurtes, para ajudar a manter a saúde emocional e conter o estresse.

6- Alimentos integrais


Os alimentos integrais, geralmente, são os que possuem as melhores fontes de vitaminas do complexo B. Estas vitaminas são fundamentais para o bom funcionamento das enzimas do corpo, que são encontradas em todos os tecidos, inclusive o cerebral. Assim, o sistema nervoso se mantém equilibrado, prevenindo a ansiedade ou diminuindo seus sintomas.


A longo prazo, o consumo de alimentos feitos a partir de grãos não refinados está associado à redução nas crises de depressão e ansiedade. Isso inclui pão 100% integral e aveia, por exemplo, que são boas opções para compor a refeição matinal.


Além disso, os alimentos integrais são ricos em magnésio e selênio, minerais fundamentais para a saúde mental. Segundo alguns estudos, eles podem conter o estresse e melhorar o humor.

7- Chocolate amargo


O chocolate amargo é rico em polifenois, principalmente os flavonoides, além de conter triptofano. Um estudo realizado com 99 participantes levemente hipertensos mostrou que os polifenois têm propriedades ansiolíticas, semelhante aos antidepressivos, melhorando a saúde física e mental das pessoas.


Outra análise realizada mostrou que apenas o consumo de um pedaço de chocolate com 85% de cacau ajuda a melhorar o estresse. Por isso, se acordar ansioso ou estressado, vale apostar em um pedacinho pela manhã. Mas, vale esclarecer que o chocolate precisa ter alto teor de cacau, sendo igual ou superior a 70%.

Para quem gosta muito de chocolate uma outra opção é o cacau em pó. Os benefícios serão muito maiores que o consumo do chocolate em barra, uma vez que o cacau em pó é a matéria-prima para a fabricação dos chocolates mais amargos.


Se você atua como nutricionista e tem paixão pela área alimentícia, esse é o momento de se tornar um (a) especialista no assunto e fazer a diferença no mercado de trabalho. Conheça e faça a sua matrícula na especialização em Gestão da Qualidade, Produção e Higiene de Alimentos do Incursos. Amplie seu conhecimento e se torne referência profissional.



Fonte: Viva Bem

Imagem: Envato Elements