A artrite é definida como uma doença que causa inflamações nas articulações, ou juntas, na qual, são estruturas responsáveis pela conexão entre os ossos e cartilagem. Só no Brasil cerca de dois milhões de pessoas possuem artrite, mas, muitas não sabem que certos alimentos auxiliam e reduzem o nível de inflamação provocado pela doença.


Esse problema de saúde possui diversos tipos e causam dores e rigidez nas articulações. A artrite também pode limitar os movimentos, proporcionar inchaços e vermelhidão na pele. A mais comum é a reumatoide, que é autoimune e atinge as articulações das mãos e pés, tornozelo e joelhos. Outro tipo da doença é a osteoartrose que provoca a degeneração da cartilagem articular, hipertrofia óssea e dor ao se movimentar.


Como a artrite é uma doença inflamatória, diversos alimentos ingeridos podem tanto aumentar os sintomas da artrite quanto amenizá-los. Isso se deve à ação de seus nutrientes, principalmente alguns tipos de gorduras e vitaminas, que desencadeiam processos inflamatórios no organismo, ou quebram este processo. Desta forma, alimentos considerados anti-inflamatórios são importantes para ajudar as pessoas que tem a doença ou aquelas que tem propensão a ter.


Além dos alimentos é necessário cuidar do corpo e manter a obesidade controlada, o peso em excesso sobrecarrega a articulação, aumentando a inflamação. Manter a dieta é importante tendo em vista que muitas pessoas precisam recorrer a tratamento e medicamentos para evitar os problemas nas articulações.


A lista de alimentos que ajudam a evitar ou diminuir a inflamação na articulação foi elaborada pelo reumatologista, Levi Jales Neto, as nutricionistas, Brigitte Olichon, Tarcila Campos, Mariana Tiemi, e o endocrinologista, Ricardo Teixeira Di Rienzo. Confira:


Peixes de águas profundas


O fato de comer peixes de águas profundas com frequência ajuda a diminuir a inflamação causada pela artrite. Isso ocorre devido à presença do ômega 3, que interfere nas células imunológicas e enzimas responsáveis pela resposta inflamatória do organismo.

Pesquisas comprovaram que pessoas que comem regularmente peixes ricos em ômega 3 têm menor probabilidade de desenvolver artrite reumatoide. E quem possui a doença e consome peixes regularmente tem os sintomas reduzidos, como menos inchaço e dores nas articulações.

Peixes também possuem vitamina D e há estudos que relacionam a falta desse tipo de vitamina com o surgimento de artrite reumatoide. Recomenda-se peixes como salmão, sardinha e truta.


Alho


Muito usado como tempero, os benefícios do alho vão muito além deste uso. O alimento possui propriedade anti-inflamatórias que auxiliam na diminuição das crises de artrite, pois, os fitoquímicos contidos diminuem a resposta inflamatória no organismo. O alho também tem ação antioxidante, na qual, retira do corpo os radicais livres que estão associados a diversos mecanismos inflamatórios.


Gengibre


Por conter o gengirol em suas propriedades o gengibre é um alimento anti-inflamatório poderoso. É por essa razão também que ajuda na redução de diversos tipos de dores, como as que surgem com a artrite. O alimento possui componentes que ajudam a bloquear substâncias que promovem a inflamação no corpo.


Um estudo divulgado na publicação científica Arthritis & Rheumatology, mostrou que o extrato de gengibre foi eficaz em diminuir a dor de 261 pacientes que sofriam de osteoartrite no joelho. Já na artrite reumatoide, que é uma doença autoimune, o gingerol também atua diminuindo ou inibindo a ação de células do sistema imunológico que desencadeiam o processo inflamatório. O gengibre também potencializa os efeitos dos medicamentos anti-inflamatórios.


Brócolis


Esse vegetal também é um dos alimentos recomendado para quem sofre com a artrite. O brócolis ajuda a reduzir as inflamações do organismo e possui sulforafano, que é uma substância que diminui a presença de algumas enzimas que são benéficas para a cartilagem. O alimento também é rico em uma substância chamada quercetina, que tem ação antioxidante e também elimina do organismo os radicais livres que promovem a resposta inflamatória.


Nozes


As nozes possuem ômega 3, o que contribui para diminuir a dor de pessoas com artrite. Comer nozes reduz uma proteína ligada ao aumento de inflamações. Uma pesquisa divulgada na publicação científica Arthritis & Rheumatology comprovou que a suplementação com ômega 3 diminuiu a dor e reduziu o uso de medicamentos para artrite reumatoide.


Espinafre


O espinafre assim como o brócolis citado acima tem ação antioxidante e é rico em vitaminas e minerais essenciais para o bom funcionamento do organismo. Vale ressaltar a presença da vitamina A, E e selênio, que melhoram o sistema de defesa e reduzem a atividade inflamatória do corpo.


Uvas


As uvas do tipo roxa são ricas em uma substância chamada resveratrol, potente antioxidante. Essa substância atua na inibição da cascata de reações inflamatórias e, também diminui a resposta imune na artrite reumatoide. Ela também previne o espessamento das articulações associadas à artrite.


Azeite


Considerado uma excelente fonte de gordura ômega 9, o azeite de oliva tem ação benéfica em componentes do sistema imunológico, agindo na diminuição dos efeitos inflamatórios. O alimento é rico em gorduras monoinsaturadas e contém compostos ativos que estão associados à redução dos danos articulares causados pela artrite reumatoide.

Se você atua na área da nutrição, gosta de estar atualizado e deseja ampliar seu conhecimento, comece agora sua pós-graduação na Monte Pascoal. Aperfeiçoe suas técnicas profissionais e faça a diferença no mercado de trabalho.



Fonte: UOL

Imagem: Robson Melo via Pixabay