Trazem vários benefícios para a saúde, mas, quando consumidas em excesso, podem ser as piores inimigas da dieta. A nutricionista Maria Gama explica-lhe porquê. Têm antioxidantes, vitaminas e minerais na sua composição o que faz das sementes populares alimentos do mundo saudável. Mas atenção: como qualquer outra coisa, quando consumidas em excesso, podem engordar.


"São uma fonte de gordura, sobretudo, de origem insaturada e o seu conteúdo de fibras e proteína ajuda a manter a saciedade ao longo do dia. Ou seja, a ter um controlo do que se consome diariamente. O único problema está nas calorias", alerta a nutricionista Maria Gama.

Juntamente com a especialista, analisamos o valor nutricional de cada tipo de semente e o resultado foi surpreendentemente assustador. O mais calórico soma 620 calorias por cada 100 gramas. Sim, leu bem: 620.

"Apesar de hoje em dia as sementes fazerem parte do dia a dia da maioria das pessoas, é importante não esquecer que uma alimentação saudável deve ser equilibrada e variada. Portanto, exagerar nos alimentos que simplesmente estão na moda não é um bom princípio", acrescenta a também autora do blogue "Põe-te na Linha".


Não há uma regra específica da quantidade diária que se deve ingerir, mas muitos especialistas apontam um limite máximo de 15 gramas.


Fonte de texto: 4men.pt

Fonte de imagem: 4men.pt