Um dos sintomas mais comuns da gestação, com certeza, é o enjoo. Você pode ficar enjoada com algo que ama, seja um cheiro ou uma comida. Tão importante para a saúde da mãe e do bebê, a alimentação ajuda a amenizar esse mal-estar típico do começo da gestação. Alguns fatores podem ser a explicação para esse sintoma tão comum, como a alteração hormonal, fadiga, sensibilidade olfativa e alteração da glicemia no sangue. A intensidade dos enjoos e vômitos varia de mulher para mulher. Algumas nem sofrem com esse problema.


Café da manhã
Como o enjoo é mais comum quando a grávida acorda, é importante que a primeira refeição do dia tenha alimentos mais ?secos?. Sugere-se uma maçã, torradas feitas com pão integral com um fio de azeite ou pouca manteiga clarificada.


Limão
Algumas mulheres ficam melhor quando consomem bebidas ácidas e geladas, como limonada ou chá. Usar o limão para temperar a comida também pode ser uma ótima maneira de minimizar os enjoos e vômitos.


Por sinal, um cuidado importante é evitar o excesso de líquidos, que piora a digestão e pode indiretamente agravar o problema. Para se manter hidratada, a dica é tomar água, água de coco e sucos naturais aos poucos. Fique atenta também a alguns alimentos, como frituras, doces, e alimentos com temperos e odores muito fortes, que agravam o enjoo.


Remédio caseiro
O gengibre pode ser consumido na forma de chá, no suco, em balas. Ele é um bom remédio caseiro porque estimula a digestão. Já a banana é rica em vitamina B6 (ajuda a evitar os enjoos) e em potássio (ajuda a controlar os vômitos). Caqui e abacaxi ajudam a aliviar a ânsia e também são fontes de vitamina C, essencial para o fortalecimento da placenta e do sistema imunológico.


Fonte de texto: www.terra.com.br

Fonte de imagem: meufilhofeliz.com