Ingrediente comum e presente no preparo de vários pratos, como a pizza, o orégano já é conhecido por possuir uma variedade de benefícios para a saúde. Um novo estudo realizado pela Long Island University, nos Estados Unidos, indicou que um componente presente no orégano pode ser um aliado em potencial no combate ao câncer de próstata.

Esse tipo de câncer se inicia na glândula da próstata e ocorre, na maioria dos casos, em homens mais velhos. Dados recentes mostraram que 1 a cada 36 homens morrem em decorrência dessa doença nos Estados Unidos.

As atuais opções de tratamento para a doença incluem cirurgia, terapia de radiação, hormonioterapia, quimioterapia e imunoterapia, o que, infelizmente, está relacionado a um número considerável de complicações e vários efeitos colaterais.

Supriya Bavadekar, PhD, RPh e professora de farmacologia na "LIU's Arnold & Marie Schwartz College of Pharmacy and Health Sciences", tem testado o carvacrol, que é uma substância presente no orégano, no combate às células do câncer de próstata. Os resultados do estudo têm demonstrado que o componente estimula a apoptose, ou seja, a autodestruição dessas células. Agora Bavadekar e sua equipe estão tentando descobrir como o carvacrol induz às células cancerígenas a esse comportamento.

O estudo ainda está em seus primeiros estágios, mas os dados iniciais já mostram um avanço promissor na pesquisa em termos de possibilidade do uso de carvacrol como um agente anticâncer. "Uma vantagem significativa é que o orégano já é comumente usado no preparo de alimentos e reconhecido como um produto inofensivo. Esperamos que isso signifique uma queda de diversos efeitos colaterais gerados pelos tratamentos atuais", explica Supriya.


Fonte de conteúdo: Science Daily

Fonte de imagem: Google